Em 2017, fraudes comuns no e-commerce continuam sendo registradas

Image result for fraude e commerce

Segundo dados de um levantamento realizado pela CyberSource, uma subsidiária da Visa, deixa claro quais as práticas fraudulentas mais comuns que continuam sendo aplicadas em toda a América Latina. A CyberSource preparou uma lista completa com os crimes mais comuns no e-commerce:

Esse levantamento aponta para a prática fraudulenta vencedora, que é o controle de conta. Nesta prática o criminoso consegue acessar dados das contas de cartões de créditos das vítimas.

Controle de conta: “Forma de roubo de identidade em que o fraudador obtém acesso às contas bancárias ou ao cartão de crédito da vítima – por meio da violação de dados ou do uso de malware ou phishing – utilizando as informações para fazer transações não autorizadas.”, segundo a CyberSource.

Fraude dos afiliados: “Atividade fraudulenta gerada por uma afiliada na tentativa de gerar receita ilegítima; por exemplo, afiliadas que induzem estabelecimentos comerciais a pagar comissões não devidas.”, segundo a CyberSource.

Botnets: “Rede privada de computadores infectados com um software malicioso. Esses computadores são controlados como um grupo, sem o conhecimento de seus proprietários; por exemplo, para roubar dados, enviar spam e permitir que criminosos acessem dispositivos.”, segundo a CyberSource.

Lavagem de dinheiro: “Processo que oculta as origens de fundos obtidos ilegalmente, por transferências de recursos envolvendo bancos estrangeiros ou empresas legítimas. Isso faz com que fundos obtidos ilegalmente ou ‘dinheiro sujo’ pareçam legais ou ‘limpos’.”, diz a CyberSource.

Fraude “limpa”: “Utiliza informações roubadas do cartão de crédito e, com grande quantidade de dados pessoais, os criminosos efetuam compras fazendo-se passar pelos verdadeiros portadores do cartão sem levantar suspeitas. Assim manipulam as transações para burlar as funcionalidades de detecção de fraude.”, segundo a CyberSource.

Essas são algumas das fraudes provocadas no e-commerce levantada pela empresa CyberSource, empresa diretamente ligada a Visa. Uma lista completa desses crimes poderá ser vista no site da CyberSource. Também lá você poderá estar atento a novas informações de como se proteger dos crimes cometidos na internet. Devido ao grande aumento nas práticas de crimes cometidos contra empresas e consumidores na internet, que a cada dia estão nas manchetes dos principais jornais no mundo todo, buscar informações para saber se proteger é muito importante.