Homem supera obstáculos e após 19 anos se forma em Medicina

José Reinaldo Lopes da Silva, morador de Monte Belo, interior de Minas Gerais, tinha um sonho, deixar de ser lavrador para se tornar médico. A paixão pela carreira começou depois de frequentar um hospital durante o tratamento da irmã. Naquele momento, acompanhando a rotina dos profissionais, ao 20 anos de idade, decidiu investir suas finanças e tempo na realização deste desejo.

O hospital era um hospital escola, ou seja, possuía rotinas específicas como as corridas de leito, na qual os professores vão percorrendo os leitos com alunos de Medicina, a fim de discutir os diagnósticos. Isso chamou atenção de José e o fez se interessar pela carreira.

Oriundo de uma família de oito irmãos, trabalharam toda a vida no corte de cana, o que tornava a realização do sonho ainda mais difícil. Quando decidiu estudar medicina, Lopes tinha apenas o ensino fundamental. Levou uma vida rural, trabalhou em uma fazenda em Alfenas e se mudou para Monte Belo para trabalhar em uma granja de suínos.

O caminho percorrido até alcançar seu objetivo foi longo e difícil, mas Lopes contou com bastante incentivo, um deles veio de uma cardiologista que encontrou durante o tratamento da irmã.

Ana Márcia de Melo o aconselhou que, ao invés de usar seu dinheiro para pagar a consulta da irmã, o utilizasse para comprar livros e estudar, já que tinha a intenção de tornar-se médico.

A história dos dois possuía muitas similaridades. Além de parentes distantes, ambos encontraram dificuldades para estudar. Tamanha coincidência mexeu tanto com a cardiologista que ela escreveu um livro com um capítulo inteiro falando da vida de Lopes. O livro é uma autobiografia, mas que também relata a história de pessoas que fazem as coisas de modo diferente.

José Reinaldo seguiu vencendo uma barreira por vez, até que foi aprovado no vestibular para Medicina em uma faculdade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Iniciou o curso sem pagar as mensalidades, pois não tinha condição financeira para tal. Passaram-se seis meses e José escreveu uma carta para reitoria contando sua história. Com isso, conseguiu bolsa integral e pôde completar os seus estudos. Seis anos depois, colou grau e enfim, realizou seu sonho de se tornar médico.

Atualmente, José trabalha no Hospital Bom Pastor, em Varginha, interior de Minas Gerais. Ao todo, levou 19 anos para conseguir realizar seu grande desejo. Com todos os obstáculos ultrapassados, traçou sua meta e a perseguiu até o fim.

Saiba mais:Lavrador larga a roça para estudar e se torna médico após 19 anos em MG