Jovens investidores apostam no hidromel, bebida mundialmente conhecida no público

hidromel

Três jovens empresários investiram R$ 130 mil em uma bebida muito famosa entre o público nerd, o hidromel. A bebida alcoólica já é considerada a mais antiga na história da humanidade, tendo sido mais consumida na Idade Média, onde acabou cedendo espaço para o vinho. Com o passar dos anos, o hidromel novamente desperta a curiosidade principalmente dos leitores, que encontraram nos livros, a bebida tão presente na vida de seus personagens preferidos.

Dentre as obras mais famosas em que o hidromel é citado, estão: Harry Potter, Beowulf, Robin Hood e Senhor dos Anéis, além de estar presentes também em jogos de RPG, onde a realidade permeia a Idade Média. Foi então que os três jovens empresários viram a oportunidade de unir um modelo de negócio a um público apaixonado.

O mais novo dos três, André Wersehgi Júnior, tem 25 anos, Sarah Lisboa, tem 26 e Rafael Alexandre tem 27. Juntos eles investiram um capital alto e apostaram no sucesso da bebida voltada especialmente para o público nerd, e hoje são os primeiros a construir uma fábrica no Brasil totalmente especializada em hidromel. A fábrica fica localizada na cidade de Sorocaba (SP), no Parque Vitória Régia.

André e Sarah, fizeram um trabalho sobre a bebida para a conclusão do curso que faziam de Engenharia Química, e contaram com o designer, Rafael, para iniciarem todo o projeto. Logo após o projeto ter sido colocado em prática, o designer se mudou da cidade de São Paulo, para morar em Sorocaba, e contribuiu com a criação visual da identidade da marca.

Evidentemente, os três são apaixonados por toda a história da bebida, desde a sua existência na Idade Média, até a sua aparição nos livros e filmes da atualidade. Eles começaram os primeiros experimentos da bebida em casa totalmente artesanal, no ano de 2003, e foi após três anos que tiveram a ideia de construir a primeira fábrica de hidromel do Brasil. “O Brasil possui uma grande variedade de mel e tem tudo para se tornar uma referência no segmento“, afirma André.

A produção da bebida alcançou números grandiosos em pouco tempo, cerca de quatro mil garrafas são fabricadas por mês da bebida. Além disso, a fábrica conseguiu o seu registro no Ministério da Agricultura em pouquíssimo tempo, e desde então participa de eventos e feiras que abrangem o público nerd, dentre os temas medievais.

A bebida leva 10 dias para ser fabricada, muito parecida com a fabricação do vinho. Sua composição é feita de água, mel e leveduras, que permanece em repouso em um tanque de fermentação por uma semana, até finalmente serem filtrados, onde adquirem o teor alcoólico. Após esse processo, o hidromel vai para o armazenamento, onde é envasado e pasteurizado, passando para a bomba de transferência.

O custo da garrafa de 750 ml é de R$ 50, e são facilmente encontradas em diversos empórios, pequenos mercados e restaurantes do Estado de São Paulo. Para quem mora longe do Estado, existe a opção de encomendar a bebida para ser entregue em todo território nacional. Rafael fala sobre as vendas: “Já vendemos até para o Amazonas e somos fornecedores de uma taverna em Campinas“.

Conheça a história do hidromel.