Veja celulares baratos que desempenham funções básicas

No Brasil encontrar um celular barato e que tenha boas funções pode não ser a tarefa mais fácil de todas. Entre as diversas opções do mercado, a dúvida que fica é qual a marca ou o modelo que pode de fato ter um bom custo-benefício. Mas de uma verdade não tem como fugir, se o celular for barato ele vai gastar um pouco mais da sua paciência, então tem que ver se a economia vale a pena.

De acordo com um teste feito pelo site UOL Tecnologia, o celular que está entre os menos eficientes é o Moto E4 Plus. Com um custo de R$ 780, quem comprá-lo terá que esperar os momentos de “travadas”. O ponto positivo dele é a duração da bateria que se mantém por dias.

Quem quer mexer nos aplicativos básicos como WhatsApp, redes sociais e ver vídeos de maneira moderada não terá muitas dificuldades com o LG K10 Novo. Em geral é possível ter o bom uso das aplicações básicas. O preço desse modelo é de R$ 729,00.

O Alcatel A5 Led tem um design fora do habitual, em sua parte traseira ele tem luz de LED. A performance desse dispositivo não apresenta grandes problemas e é capaz de suportar tarefas básicas e por isso o preço de R$ 870,00 não se torna tão alto para os benefícios que esse aparelho oferece, mas ainda assim alguma lentidão e “travadas” podem acontecer.

Outro aparelho que consegue apresentar um bom desempenho é o J7 Neo, lançado pela Samsung em mais uma de suas variações da linha J. O desempenho em geral desse celular não é ruim, ele pode demonstrar uma qualidade nos quesitos velocidade e benchmark. O preço do J7 Neo é de R$ 769,00.

O que mais se saiu bem na listagem dos celulares analisados foi o Moto G5 Plus, o preço para os padrões do Brasil não parece tão amigável, quem quiser comprá-lo terá que desembolsar R$ 949,00, mais de um salário mínimo. Essa linha conseguiu apresentar um bom desempenho sem travar até mesmo em programas mais pesados, e não se esquenta muito com um uso mais intenso.