Instituto Buntantan já começou a produzir mais de 55 milhões de vacinas

 

O instituto Butantan começou o processo de produção de mais de 55 milhões de vacina cujo objetivo é combater a gripe. Esses medicamentos serão usados no Programa Nacional de Imunização no ano que vem. Foi noticiado que houve um investimento de 5 milhões de reais, que proporcionara um aumento de 15 milhões de vacinas, se comparado com 2016.
O Buntantan é o mais importante fabricante de imunobiológicos do Brasil, que embarca a maior parte da produção de soros hiperimunes e antígenos vacinais, que fazem parte das vacinas utilizadas pelo PNI (Programa Nacional de Imunizações), do Ministério da Saúde. As atividades do instituto estão conectadas a basicamente criação de vacinas, soros e biofármacos para uso humano.
A OMS divulgou recentemente as estirpes dos vírus que estão transitando, concomitante a isso, o Buntantam iniciou a sua produção. O diretor do Instituto, Dimas Covas, explicou que esse investimento possibilitou a fabricação, além da segurança e rapidez dos sistemas de produção, para serem entregues ao Ministério da Saúde.
Ano passado o Buntantan consegui entregar mais de 40 milhões de vacinas, esse ano, o Instituto informou que contabilizara 60 milhões de doses produzidas em um pouco mais de 1 semestre. De acordo com o diretor, eles vão precisar do emprenho de 500 colaboradores, no período de setembro a maio do ano que vem, para conseguir entregar a nova remessa de doses.
O vírus da vacina é fecundado em ovos de galinha embrionados. É inserido no interior do ovo o inóculo viral do vírus H1N1 e outras estirpes da gripe. Os ovos são incubados após a inserção do vírus, que se multiplica na substancia alantoico que envolve o pintinho.
Segundo o Instituto, decorrendo 1 dia e meio a 2 do início da incubação, a substância é removida do ovo, depois é tratado para que o vírus seja isolado. Em seguida, eles fazem a inativação e a fragmentação do vírus.
Cada processo desses em 1 ovo rende 3 vacinas. Como essas doses servem contra 3 variantes, eles precisam manejar 60 milhões de ovos para adquirir as 60 milhões de vacinas trivalentes. Na campanha de vacinação anterior, mais de 45 milhões de pessoas foram vacinadas em todo o Brasil.

Conheça o Programa Especial de Regularização Tributária, por Ricardo Tosto

Em 31 de maio de 2017 ocorreu a publicação, por meio do Diário Oficial da União, da medida provisória de número 783/2017. Publicada em edição extraordinária, ela trata da aplicação do PERT (Programa Especial de Regularização Tributária, originado por meio da Receita Federal e da PGFN (Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, dois órgãos que respondem pelo controle da arrecadação de tributos em todo o território brasileiro, reporta o advogado Ricardo Tosto, sócio do escritório Leite, Tosto e Barros.

O programa de parcelamento, contudo, já havia sido autorizada quando da atualização da medida provisória 766/2017, que foi instaurada em caráter transitório, obedecendo ao que é permitido por meio de uma legislação própria. No último dia de maio de 2017, entretanto, a autorização para que o PERT funcionasse deixou de vigorar, conforme estabelece o estatuto próprio das medidas desse caráter. Com isso, fez-se necessário que outros mecanismos fossem implementados a fim de que a facilidade não cessasse, informa Ricardo Tosto.

Diversos tipos de débitos são compreendidos pelo PERT, devido à grande necessidade que o país tem de receber os valores em atraso. Os títulos que possuem natureza tributária, bem como aqueles que não o possuem poderão ser renegociados em virtude da nova medida ter sido autorizada. Além disso, parcelamentos realizados anteriormente, ainda que não tenham sido cumpridos até o final, se enquadram dentro do programa. Até mesmo os contribuintes que possuam alguma pendência judicial serão contemplados pelo parcelamento das dívidas, destaca o advogado Ricardo Tosto.

Para que participassem do PERT, os contribuintes em situação de inadimplência deveriam ter solicitado até 31 de agosto de 2017, por meio de um requerimento, a intenção de negociarem seus títulos. Em se tratando das dívidas ocasionadas juntos à Receita Federal, há a possibilidade de se quitar o valor à vista com o abatimento de 20% do montante devido ou realizar o parcelamento em 60 vezes sem redução dos juros e multas aplicados ao documento, conforme o que estabelece a base de cálculo do órgão. Além disso, quem desejar poderá dividir os valores em 120 parcelas, de modo que as quitações também ocorrerão sem aplicação de descontos.

Já em relação às dívidas contraídas perante à Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, o contribuinte terá à disposição a possibilidade de dividir os valores em até 120 vezes, caso não se importe com a falta de descontos. Para os que desejarem um abatimento sobre os valores pendentes, o órgão autoriza a forma de pagamento à vista de um período de cinco meses em inadimplência, que abaterá 20% das multas sobre o total, permitindo com que a pessoa inadimplente consiga dividir o restante em outras 145 parcelas, salienta o empresário do segmento jurídico, Ricardo Tosto.

Para que o contribuinte consiga formalizar sua participação no PERT, é necessário que assine uma confissão de caráter irrevogável informando sua condição de inadimplência frente a um desses órgãos, assim como o compromisso de quitar os débitos em questão de acordo com a modalidade de quitação escolhida segundo o que estabelece o programa, ressalta Ricardo Tosto.

 

Insulina em pó solúvel pode substituir injeção segundo pesquisa da Unesp

Resultado de imagem para insulina em pó

Uma nova pesquisa realizada por alunos da Universidade Estadual Paulista (Unesp) com o objetivo de auxiliar no tratamento de pessoas que sofrem de diabetes, traz a substituição da injeção de insulina por uma solução em pó que pode ser diluída em água é a idéia dos alunos.

Um método não invasivo e prático que representa um avanço no tratamento para inserir bactérias modificadas geneticamente para serem capazes de controlar a insulina de quem sofre de diabetes.

Os testes foram realizados há um ano pelos pesquisadores da Faculdade de Ciências Farmacêuticas, e está em fase inicial, sem previsão de início de testes em animais e humanos.

As Echerichia Coli foram às primeiras bactérias com alterações genéticas e são encontradas no intestino humano. Foram injetados no DNA das bactérias, um DNA sintético da insulina e os microrganismos começaram a sua reprodução.

Outro tipo de bactéria que está sendo preparada para uma experiência, é a Lactococos.“Esse tipo de bactéria irá ficar mais tempo no corpo. Ela já é muito utilizada na indústria e a sabemos que ela possui um efeito mais benéfico do que a anterior”, conta o estudante de Bioprocessos Patrick Esquizato.

Foram feitas também alterações genéticas para as bactérias produzarem insulina na quantidade certa. O objetivo é que ela consiga fazer uma análise da glicose do paciente e produzir adequadamente com as necessidades de cada pessoa. “O desafio é inserir esse circuito no Lactococos e fazer com que ele funcione para que o paciente não seja prejudicado com muita insulina no organismo”, explica uma das pesquisadoras Mariana César.

Os pesquisadores esperam criar um pó para ser dissolvido em água, disponibilizado a princípio para crianças portadoras de diabetes tipo 1 e o estudante Rafael Tuma explica: “O nosso objetivo é colocar nosso produto para substituir a insulina que seria injetada. Conseguir propor esse alívio para a pessoa não ter mais que tomar várias injeções durante o dia, que é algo bem doloroso”.

Os alunos irão participar de uma competição de máquinas modificadas geneticamente em novembro nos Estados Unidos, onde irão apresentar a pesquisa da Unesp em Boston. Eles ainda correm atrás de financiamento para a viagem.

 

 

Estudo revela que ouvir música clássica estimula a criatividade

Um estudo realizado na Holanda revela que os pensamentos criativos sofrem uma grande influência quando estão impulsionados por músicas de aspecto erudito.

Para pessoas no mundo da arte, como pintores, desenhistas, escritores e até mesmo os próprios músicos, o estímulo musical para cada um trabalhar com seu projeto é definitivamente viável. Um estudo realizado pela Universidade Radboud, localizada na Holanda, contou com a presença de 155 indivíduos adultos em média com 20 anos de idade. O estudo propôs que esses 155 indivíduos resolvessem problemas de lógica e de soluções criativas, ouvindo música clássica, alegres, tristes e calmas.

Tudo se passou em um ambiente próprio e bem isolado de estímulos externos. Para cada participante do estudo, os cientistas buscavam identificar padrões de pensamentos convergente e divergente. Ou seja, pensamentos que convergem traz uma resposta rápida e de forma a ser possível para a resolução de uma questão, utilizando todos os recursos viáveis. Em vista disso, os cientistas colocaram uma incógnita que dependeria de uma busca além do que os participantes tinham como ferramenta.

Eles tiveram que buscar criar uma palavra que estava interligada com outras três, e assim, poderem resolver a incógnita. A busca pelo pensamento divergente era a chave para buscar uma solução para resolver a questão. Os cientistas utilizaram em uma das questões um tijolo para que os participantes pensassem nele, de forma que não fosse usado para construir um prédio, uma casa ou qualquer coisa semelhante. Eles tiveram que dar um novo significado para o uso deste tijolo.

O estudo concluiu que a música não influencia o pensamento convergente, porém, eleva os níveis de criatividade e possibilidade em pensamentos divergentes, atingindo uma pontuação de 76 a 94 em uma escala de 0 a 100.

Umas das recomendações dos responsáveis por esse estudo é que, ouvir as Quatro Estações de Vivaldi, uma das obras utilizadas para a conclusão do teste, é excelente para quem foca a criação de algo, sem ficar preso dentro da “caixa”. Não é preciso ser expert em música erudita para buscar uma que seja funcional neste sentido, basta deixar fluir e buscar viver os resultados sempre possíveis.

Em 2017, fraudes comuns no e-commerce continuam sendo registradas

Image result for fraude e commerce

Segundo dados de um levantamento realizado pela CyberSource, uma subsidiária da Visa, deixa claro quais as práticas fraudulentas mais comuns que continuam sendo aplicadas em toda a América Latina. A CyberSource preparou uma lista completa com os crimes mais comuns no e-commerce:

Esse levantamento aponta para a prática fraudulenta vencedora, que é o controle de conta. Nesta prática o criminoso consegue acessar dados das contas de cartões de créditos das vítimas.

Controle de conta: “Forma de roubo de identidade em que o fraudador obtém acesso às contas bancárias ou ao cartão de crédito da vítima – por meio da violação de dados ou do uso de malware ou phishing – utilizando as informações para fazer transações não autorizadas.”, segundo a CyberSource.

Fraude dos afiliados: “Atividade fraudulenta gerada por uma afiliada na tentativa de gerar receita ilegítima; por exemplo, afiliadas que induzem estabelecimentos comerciais a pagar comissões não devidas.”, segundo a CyberSource.

Botnets: “Rede privada de computadores infectados com um software malicioso. Esses computadores são controlados como um grupo, sem o conhecimento de seus proprietários; por exemplo, para roubar dados, enviar spam e permitir que criminosos acessem dispositivos.”, segundo a CyberSource.

Lavagem de dinheiro: “Processo que oculta as origens de fundos obtidos ilegalmente, por transferências de recursos envolvendo bancos estrangeiros ou empresas legítimas. Isso faz com que fundos obtidos ilegalmente ou ‘dinheiro sujo’ pareçam legais ou ‘limpos’.”, diz a CyberSource.

Fraude “limpa”: “Utiliza informações roubadas do cartão de crédito e, com grande quantidade de dados pessoais, os criminosos efetuam compras fazendo-se passar pelos verdadeiros portadores do cartão sem levantar suspeitas. Assim manipulam as transações para burlar as funcionalidades de detecção de fraude.”, segundo a CyberSource.

Essas são algumas das fraudes provocadas no e-commerce levantada pela empresa CyberSource, empresa diretamente ligada a Visa. Uma lista completa desses crimes poderá ser vista no site da CyberSource. Também lá você poderá estar atento a novas informações de como se proteger dos crimes cometidos na internet. Devido ao grande aumento nas práticas de crimes cometidos contra empresas e consumidores na internet, que a cada dia estão nas manchetes dos principais jornais no mundo todo, buscar informações para saber se proteger é muito importante.

Mudanças frequentes de carreira devem ser estratégicas

Em busca de mais flexibilidade no trabalho e procurando por metas desafiadoras mas que tragam satisfação, vários profissionais percorrem por caminhos em diferentes segmentos. Essa experiência pode ajudar e trazer mais conhecimento para abrir em um futuro próximo uma empresa, mas se a carreira não estiver bem alinhada com os objetivos a longo prazo, o profissional pode se atrapalhar um pouco quando a questão é se estabelecer em uma direção na carreira.

Nina Cheng é uma dessas profissionais que tem um perfil mais dinâmico mas que conseguiu ser potencialmente satisfatório. Em menos de dez anos atrás quando terminou a faculdade, a profissional não imaginaria que hoje estaria vendendo capas de iPhone de pele de raposa que chegam a passar o valor de 350 mil dólares, que são 1,1 milhão de reais.

A trajetória profissional que fez Nina chegar aonde está não foi tão previsível quanto o esperado. O seu negócio próprio surgiu depois de ter trabalhado em três setores diferentes: bancário, consultoria e moda. No momento em que sentiu que não tinha a liberdade que precisava, Nina decidiu iniciar a sua carreira no mundo do empreendedorismo e se tornou fundadora da Wild and Woolly, empresa que tem sede em Nova York, nos Estados Unidos, e atua na venda de capas para iPhones e brincos.

Cheng comenta: “Quando comecei a trabalhar (durante a recessão), me considerava agradecida por ter um emprego, passei a sentir que precisava de uma liberdade completa para explorar outras opções”.

Inicialmente mudar de profissão pode se tornar cansativo, mas Cheng tinha conhecimento para apoiá-la obtido em suas experiências anteriores, o que a tornou mais preparada para enfrentar os momentos de frustrações.

Atualmente não existe apenas o conceito tradicional de carreira pois a dinâmica que os novos profissionais têm, gera uma constante mudança que é considerada tão importante quanto o salário ou o cargo. O desafio é manter o foco em uma oportunidade que tenha a ver não apenas com o progresso financeiro, mas também com o crescimento de conhecimento e a identificação com a tarefa, pois os movimentos que são realizados na vida profissional precisam dessa direção.

Por 3,2 milhões de reais Malta vende cidadania

Image result for malta

Uma saída para os cidadãos de um país que está em conflito é a compra da cidadania em outro. Na Europa, o país que está vendendo a cidadania é Malta. Como uma maneira de se refugiar, pessoas que vivem em zonas de conflitos extremos podem usar essa alternativa, a única barreira que possa existir para conseguir de fato a cidadania pode ser a financeira, pois se tornar um cidadão de Malta exige o desembolso de nada mais, nada menos que 880 mil euros, o que seria equivalente a 3,2 milhões de reais.

A jovem Amar Al-Sadi e sua família conseguiram escapar do Iêmen e se tornarem malteses. De acordo com Amar, o cenário em que estava seu país afligia a sua população pelas bombas, destroços e doenças fatais. Faz dois anos que Amar e sua família saíram do Iêmen em uma evacuação aérea das Forças Unidas.

A nova cidadã maltesa relata: “Eu acho que ninguém no mundo gostaria de viver daquele jeito. Estávamos dormindo outro dia e ouvimos uma bomba muito grande perto. Foi realmente assustador. Eu ainda tenho amigos no Iêmen. Eles me dizem que as pessoas estão morrendo de cólera. Alguns tentam escapar, mas eles não conseguem porque ninguém aceitará seus passaportes agora”.

O passaporte de malta passou a ser vendido desde 2014 assim como a cidadania, a partir de então várias pessoas passaram a comprá-lo assim como a família de Amar. Quem é um solicitante bem sucedido não será excluído dos direitos de cidadão de Malta que são completos. Em outros países, são oferecidos programas de concessão de direito de residência ou de vistos de investimento a estrangeiros, como Portugal e o Reino Unido.

Com o valor total de 880 mil euros, três quartos desse dinheiro é destinado para uma contribuição que não é reembolsável para o Fundo Social e Nacional de Desenvolvimento de Malta, que realiza o financiamento em educação, saúde e projetos de criação de empregos. O restante do valor tem uma divisão entre investimentos em alianças com governos e na posse ou aluguel de uma casa que deverá ter o período mínimo de cinco anos.

A Colômbia está querendo atrair mais turistas para o país

A cada ano, a Colômbia tem se esforçado para receber cada vez mais turistas do mundo todo. A Proexport Colômbia, que é uma organização que tem como meta promover o turismo no país, está trabalhando nesse sentido.

Esse destino possui diversos atrativos, como as lindas praias caribenhas, locais para a prática de mergulho, o café internacional colombiano e a rica cultura do país, são apenas algumas atrações das muitas oferecidas na Colômbia.

Os três principais locais com praias são: Cartagena das Índias, que possui uma linda baía, além de ser considerada pela Unesco, como Patrimônio Histórico da Humanidade. As praias mais conhecidas de Cartagena estão localizadas nas ilhas de Barú, Rosário e San Bernardo; em San Andrés, que está localizada a 700 quilômetros da costa, encontramos lindas praias de areias brancas e águas transparentes, muito procuradas para a prática de esportes aquáticos; em Providência e Santa Catalina, encontramos montanhas e uma enorme barreira de corais, que ficam a oeste do Mar Caribe e a 72 km ao norte de San Andrés, de onde saem voos todos os dias.

A Colômbia é um excelente destino para aqueles que querem praticar o mergulho, principalmente na ilha de San Andrés; nas ilhas de Santa Catalina e Providência, que possuem a segunda maior barreira de corais do mundo; em Santa Marta, que possui baías com uma grande diversidade de corais e peixes; na ilha do Rosário, onde são encontradas as reservas marinhas mais significativas do continente; e na ilha Bauru, onde praias de águas deslumbrantes e próxima a Cartagena, nos convidam para um mergulho.

A região conhecida como  Triângulo do Café , é formada por um total de sessenta e duas cidades produtoras e exportadoras de café, sendo que essa região foi considerada pela Unesco, Patrimônio Cultural da Humanidade. Também é possível conhecer os locais onde são produzidos os cafés e conhecer todo o processo, da colheita até a produção desse produto, inclusive com degustações de vários tipos de café.

O país é o berço do famoso escritor Gabriel García Márquez, que foi ganhador do Prêmio Nobel de Literatura, e também de diversos cantores, que geralmente são premiados com o Grammy Latino e pelo pintor Fernando Botero, que possui obras expostas em vários museus do planeta.

Michel Terpins entra para a lista de campeões da competição Rally dos Sertões

O mais recente Rally dos Sertões – que, este ano, aconteceu do dia 20 ao dia 26 de agosto – foi especial para um certo piloto da categoria Protótipos T1, a principal dos carros brasileiros. A 25ª edição da maior prova off-road do país foi o primeiro título no evento de Michel Terpins. O piloto paulista corre em parceria com o navegador, também paulista, Maykel Justo, os dois fazem parte da equipe Bull Sertões Rally Team e chegaram em primeiro lugar na categoria que disputam. Além disso, eles também conquistaram o quarto lugar na geral da categoria carros.

“Conquistar este título foi muito bacana. Estava brigando por ele há quatro anos, quando comecei a pilotar o T-Rex, mas sempre acontecia algo durante o Sertões. Desta vez, já no terceiro dia a gente estava com vantagem e depois eu tive mais quatro etapas para administrar com tranquilidade e foi o que fiz. Usamos de estratégias, inclusive nos abastecimentos, mesmo sem precisar a gente parava por precaução”, ponderou Michel Terpins. O corredor, que é o irmão mais novo do também piloto de rally Rodrigo Terpins, concretizou esta edição como sua 10ª participação no Rally dos Sertões. Ele estreou na categoria motos, em 2002, depois navegou para o irmão, nos carros, e, nos últimos quatro anos, pilota o T-Rex.

Maykel Justo, em sua 11ª participação, também comemorou o título. “Este foi um rali difícil. As duas primeiras etapas foram bem exigentes e duras e muitos competidores ficaram pelo caminho. Mas nosso carro foi valente e mostrou seu potencial, o desempenho foi muito bom”, disse o navegador que, agora, é bicampeão da prova – antes foi campeão na categoria Pró Brasil.

Este ano, participaram do Rally dos Sertões 280 pilotos e navegadores de todas as regiões do país e também do exterior, em 161 veículos, nas categorias carros – cross country e regularidade – UTVs, quadriciclos e motos.

Desempenho da dupla

A dupla da Bull Sertões Rally Team – a #322 –  de Michel Terpins e Maykel Justo, foi formada em 2016, mas já está bem entrosada. Durante os sete dias de prova do Rally dos Sertões, os parceiros conseguiram, com boa estratégia, manter o T-Rex rápido e firme para conquistar o primeiro lugar na categoria Protótipos T1.

A 25ª edição do Rally dos Sertões teve largada em Goiânia (GO), passou por Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Entre os desafios em meio a trial, lombas, erosões, areião, travessias de rio e muita poeira, a #322 percorreu 3.300 quilômetros – sendo 1999,52 de Especiais.

Confira o resultado final da Categoria ProtótiposT1 e da Carros/Geral do Rally dos Sertões 2017

Categoria ProtótiposT1

1° – #322 Michel Terpins/ Maykel Justo, 24h18min15

2º – #314 Mauro Guedes / Neurivan Calado, 26h55min49

3º – #307 Paulo Pichini / Paulo Simões, 28h14min43

4° – #348 Gunter Hinkelmann/ Vinicius Castro, 30h28min48

5°- #327 Jorge Junior/ Joel Kravtchenko 31h27min56

Carros/Geral

1º Cristian Baumgart/Beco Andreotti 21h38min26

2º Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin 21h45min23

3º Alvarez Fernando/Juan Monasterolo 23h38min14

4º Michel Terpins/Maykel Justo 24h18min15 (1º Protótipos T1)

5º Guiga Spinelli/Youssef Haddad 24h38min57

 

Taylor Swift anuncia data de lançamento do seu novo álbum

Resultado de imagem para taylor swift 2017

Após um longo intervalo de três anos, a cantora norte-americana Taylor Swift, uma das mais bem-sucedidas de sua geração, finalmente anunciou a data de lançamento do seu novo álbum, que chegará as lojas físicas e onlines no dia 10 de novembro. Intitulado de “Reputation”, o novo trabalho da cantora teve o seu primeiro single divulgado logo em seguida, no dia 24 de agosto.

Nas últimas semanas, Taylor Swift já havia dado alguns indicativos para os seus fãs de que novidades estavam por vir, especialmente após apagar todo o conteúdo de suas redes sociais, incluindo Instagram, Twitter e Tumblr. As expectativas para o novo trabalho da cantora já eram grandes há alguns meses, pois espera-se que ela conte através de suas músicas um pouco mais sobre o término com o ex-namorado, Calvin Harris, e sobre as polêmicas envolvendo a rixa da cantora com nomes como Katy Perry, Kim Kardashian e Kanye West.

O último álbum de Taylor Swift, chamado “1989”, foi lançado em outubro de 2014, e alcançou um imenso sucesso de público a nível internacional. Com singles como “Shake it Off”, “Out of The Woods”, “Bad Blood” e “Blank Space”, a cantora atingiu o topo das paradas de sucesso, se tornando inclusive a artista mais bem paga do mundo no período entre 2015 e 2016.

Além do sucesso comercial, “1989” também foi muito bem-sucedido pela crítica especializada, conquistando o maior prêmio da música internacional,  o Grammy de Álbum do Ano de 2015,  entre vários outros prêmios.

Após passar o ano de 2015 em turnê internacional promovendo o seu álbum, Taylor Swift se afastou dos holofotes nos últimos tempos, o que aumentou os boatos de que um novo lançamento estaria próximo. De 2016 até agosto de 2017, por exemplo, o único lançamento da cantora havia sido o single “I Don’t Wanna Live Forever”, em parceria com Zayn Malik para a trilha sonora do filme “Cinquenta Tons Mais Escuros”.

Tudo isso contribuiu para que as expectativas para o sexto álbum de estúdio da cantora, “Reputation”, estejam bem altas. Portanto, agora resta esperar para saber se o novo trabalho de Taylor Swift irá manter o mesmo nível de sucesso absoluto estabelecido pela cantora em seus álbuns anteriores.